História para o ensino de sistema de numeração decimal em teses e dissertações (1990-2018)

Lucas Silva Pires

Resumo

O objetivo deste artigo é caracterizar as propostas didáticas tratadas em teses e dissertações da história para o ensino de sistema de numeração decimal para os anos iniciais do Ensino Fundamental. O estudo está fundamentado nos conceitos: história da matemática como agente de cognição (MENDES, 2013) e; história para o ensino da matemática como uma reinvenção didática para a sala de aula (MENDES, 2017). Para operacionalizar a pesquisa, elaboramos um instrumento para análise na luz do conceito história da matemática pedagogicamente vetorizada (MINGUEL & MIORIM, 2008), de modo a identificarmos as teses e dissertações com potencialidade didática para a sala de aula. Os resultados indicaram que, das 26 teses e dissertações da história do ensino de sistema de numeração decimal identificadas, 35% trataram de abordagens centradas no ensino, as quais podem ser utilizadas didaticamente para ensinar sistema de numeração decimal nos anos iniciais. Igualmente apontou que existem aquelas, as quais necessitam de adaptações para que efetivamente sejam implementadas em sala de aula para auxiliar na prática do professor que ensina Matemática.

Palavras-chave

História da Matemática. História para o ensino da matemática. Sistema de numeração decimal. Anos iniciais

Texto completo:

PDF

Referências

DAMBROS, Adriana Aparecida. História da Matemática e o Professor das Séries Iniciais: A Importância dos Estudos Históricos no Trabalho com o Sistema de Numeração Decimal. 2001. 271 f. Florianópolis: Dissertação (Mestrado em Educação e Ciência) – Educação e Ciência, Universidade Federal de santa Catarina, 2001.

DAMBROS, Adriana Aparecida. O conhecimento do desenvolvimento histórico dos conceitos matemáticos e o ensino de Matemática: possíveis relações. 2006. 193 f. Curitiba: Tese (Doutorado em Educação) - Setor de Educação, Universidade Federal do Paraná, 2006.

FERREIRA, Lúcia Helena Bezerra. Ateliês de História e Pedagogia da Matemática: contribuições para a formação de professores que ensinam Matemática nos anos iniciais. 2011. 216 f. Natal: Tese (Doutorado em Educação) – Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.

MENDES, I. A. História para o Ensino de Matemática na Formação de Professores e na Educação Básica: uma Análise da Produção Brasileira (1997 – 2017). UFPA: Projeto de pesquisa. Belém, 2018.

MENDES, I. A. Uma história das pesquisas em História da Matemática no Brasil: produções, disseminações e contribuições à Formação de Professores de Matemática. UFPA: Projeto de pesquisa. Belém, 2018.

MENDES, Iran Abreu. Cartografias da produção em História da Matemática no Brasil: um estudo centrado nas dissertações e teses defendidas entre 1990-2010. Relatório de Pesquisa (Bolsa produtividade CNPq). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.

MENDES, Iran Abreu. História da Matemática no Ensino: entre trajetórias profissionais, epistemologias e pesquisas. 1 ed. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2015.

MENDES, Iran Abreu. História no ensino da matemática: trajetórias de uma epistemologia didática. REMATEC, ano 8, n.12, jun., 2013.

MENDES, Iran Abreu. História para o ensino da matemática: uma reinvenção didática para a sala de aula. Cocar. Edição Especial, n.3, p. 145 – 166, jul., 2017.

MENDES, Iran Abreu; FOSSA, John Andrew; VALDÉS, Juan E. Nápoles. A história como um agente de cognição na educação matemática.1 ed.: Porto Alegre: Sulina, 2006.

MIGUEL, Antonio; MIORIM, Ângela Maria. História da Educação Matemática: Propostas e desafios.1 Ed., 2 reimp.: Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

OLIVEIRA, Rosalba Lopes de. Ensino de Matemática, História da Matemática e artefatos: possibilidade de interligar saberes em cursos de formação de professores da Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental. 2009. 218 f. Natal: Tese (Doutorado em Educação) – Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.

PEDROSO, André Pereira. Materiais concretos, história e ensino da Matemática: interseções significativas para a prática pedagógica. 2017. 227 f. Campinas: Tese. (Doutorado em Ensino de Ciências e Matemática) – Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática, Universidade Estadual de Campinas, 2017.

SILVA, Alexandre Oliveira. A evolução dos algoritmos das operações aritméticas ao longo da história. 2016. 104 f. Vassouras: Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Matemática) - Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Universidade Severino Sombra, 2016.

SILVA, Eliane Siviero da. Ensino de sistemas de numeração baseado em informações históricas: um estudo nos anos iniciais do Ensino Fundamental. 2017. 149 f. Maringá: Dissertação (Mestrado em Educação para a Ciência e a Matemática) - Centro de Ciências Exatas, Universidade Estadual de Maringá, Paraná, 2017.

SILVA, Gesivaldo dos Santos. História da Matemática na formação de professores: sistemas de numeração antigos. 2016. 80 f. Natal: Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Naturais e Matemática) – Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.

TÁBOAS, C. M. G. O número e sua história cultural fundamento necessário na formação do professor. 1993. 233 f. Campinas: Tese (Doutorado) – Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual de Campinas, 1993.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.