Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos Científicos

v. 16 n. 38 (2021)

Mapeamento de pesquisas sobre Jogos e Materiais na Formação Inicial de Professores de Matemática


Publicado
May 7, 2021

Resumo

Este artigo apresenta um mapeamento de pesquisas brasileiras que propõem e analisam a utilização de Jogos e/ou Materiais na formação inicial de professores de Matemática, buscando responder à questão: “Como se caracteriza a produção acadêmica que tem como foco a utilização de Jogos e Materiais no contexto da formação inicial de professores de Matemática?”. Esta pesquisa, do tipo Estado da Arte, tem como corpus de investigação sete trabalhos do Catálogo de Teses e Dissertações da (CAPES), organizados em três categorias: Práticas formativas, Práticas formativas/educativas e Pesquisa documental. Esta investigação constitui uma das fases de uma pesquisa de mestrado em andamento e possibilitou reconhecer os Jogos e Materiais como uma alternativa de mudança da prática pedagógica docente, capaz de contribuir para a aprendizagem dos alunos da educação básica. Contudo, o mapeamento indica lacunas a serem estudadas acerca das propostas com Jogos e Materiais, nas práticas e orientações curriculares das instituições formadoras.

Referências

BOGDAN, R. C; BIKLEN, S. K. Investigação Qualitativa em Educação. Tradução: Maria João Alvarez, Sara Bahia dos Santos e Telmo Mourinho Baptista. Porto Editora, 1994.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 30 jan. 2021.

CAMACHO, M. S. F. P. Materiais manipuláveis no processo ensino/aprendizagem da matemática: aprender explorando e construindo. 2012. 102p. Dissertação (Mestrado em Ensino da Matemática) – Universidade da Madeira, 2012. Disponível em: https://digituma.uma.pt/bitstream/10400.13/373/1/MestradoMarianaCamacho.pdf. Acesso em: 26 jan. 2021.

CONTI, K. C.; PINTO, N. K. D.; MARTINS, D. A. Uso de jogos matemáticos como proposta pedagógica num contexto de formação intercultural para professores indígenas. Cadernos Cenpec. São Paulo, v.8, n.1, p.180-206, jan./jul. 2018. Disponível em: http://cadernos.cenpec.org.br/cadernos/index.php/cadernos/article/view/394/393. Acesso em: 26 jan. 2021.

CURCI, A. P. F. O software de programação scratch na formação inicial do professor de matemática por meio da criação de objetos de aprendizagem. 2017. 141f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação em Ensino de Matemática, Londrina, 2017. Disponível em: http://riut.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/3039/1/LD_PPGMAT_M_Curci%2C%20Airan%20Priscila%20de%20Farias_2017.pdf. Acesso em: 26 jan. 2021.

FARIAS, E. R. A utilização de jogos por licenciandos em matemática como recurso pedagógico em aulas de matemática em um museu. 2018. 337p. Dissertação (Mestrado em Profissional em Ensino de Ciências e Educação Matemática), Universidade Estadual da Paraíba, Centro de Ciências e Tecnologia, Campina Grande, 2018. Disponível em: http://tede.bc.uepb.edu.br/jspui/handle/tede/3228#preview-link0. Acesso em: 26 jan. 2021.

FIORENTINI, D.; MIORIM, M. A. Uma reflexão sobre o uso de materiais concretos e jogos no Ensino da Matemática. Boletim da SBEM-SP, São Paulo, ano 4, n.7, p. 5-10, jul./ago. 1990.

FIORENTINI, D; OLIVEIRA, A. T. de C. C. O Lugar das Matemáticas na Licenciatura em Matemática: que Matemáticas e que práticas formativas? Bolema, Rio Claro, v. 27, n. 47, p 917-938, dez. 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-636X2013000400011&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 26 jan. 2021

FREITAS, A. L. Laboratório de ensino de Matemática: uma proposta para licenciatura em matemática e a utilização de jogos de recorrência. 2015.86p. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Programa de Pós-Graduação em Matemática do Departamento de Ciências Exatas e Naturais, Mossoró, 2015. Disponível em: https://siduece.uece.br/siduece/trabalhoAcademicoPublico.jsf?id=90939. Acesso em: 26 jan. 2021.
FÜRKOTTER, M.; MORELATTI, M. R. M. A articulação entre teoria e prática na formação inicial de professores de matemática. Educação Matemática Pesquisa, São Paulo, v. 9, n. 2, pp. 319-334, 2007. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/emp/article/view/906/599. Acesso em: 26 jan. 2021.

GATTI, B. A. Formação de professores, complexidade e trabalho docente. Rev. Diálogo Educ., Curitiba, v. 17, n. 53, p. 721-737, 2017. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/viewFile/8429/17739. Acesso em: 15 mar. 2021.

GATTI, B. A. Formação de professores: condições e problemas atuais. Revista Brasileira de Formação de Professores, v. 1, n. 1, p.90-102, Maio/2009.

GOLDENBERG, M. A arte de pesquisar: como fazer pesquisa qualitativa em ciências sociais. 5ª. ed. Rio de Janeiro: Record, 2004.

GRANDO, R. C. Recursos didáticos na Educação Matemática: jogos e materiais manipulativos. Revista Eletrônica Debates em Educação Científica e Tecnológica, v. 5, n. 02, 2015. Disponível em: https://ojs.ifes.edu.br/index.php/dect/article/view/117. Acesso em: 26 jan. 2021.

GRANDO, R. C. O conhecimento matemático e o uso de jogos na sala de aula. 2000. 224p. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas, SP, 2000. Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/251334. Acesso em: 26 jan. 2021.

GRANDO, R. C. O jogo e suas possibilidades metodológicas no processo ensino- aprendizagem da matemática. 1995. 175 p. Dissertação (Mestrado) – Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas, 1995. Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/253786. Acesso em: 26 jan. 2021.

KEGLER, N. A. O Aspecto Lúdico presente nos Projeto Pedagógicos de Cursos de Licenciatura em Matemática no Estado do Rio Grande do Sul. 2016. 49p. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Naturais e Exatas, Programa de Pós-Graduação em educação Matemática e Ensino de Física, Santa Maria, 2016. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/handle/1/17704. Acesso em: 26 jan. 2021.

LORENZATO, S. O Laboratório de Ensino de Matemática na Formação de Professores. 3ª. Edição. Campinas, SP: Autores Associados, 2012.

MEGID NETO, J.; CARVALHO, L. M. Pesquisas de estado da arte: fundamentos, características e percursos metodológicos. Construcción de problemas de Investigación: diálogos entre el interior y el exterior.1 ed.Medellín: Universidad Pontificia Bolivariana / Universidad de Antioquia, 2018, v.1, p. 97-113.

MUNIZ, C. A. Brincar e jogar: enlaces teóricos e metodológicos no campo da educação matemática. Autêntica, 2010.

NACARATO, A. M. Eu trabalho primeiro no concreto. Revista de Educação Matemática, v. 9, n. 9-10, 2004-2005.

NOVELLO, T. P.; SILVEIRA, D. S.; LUZ, V. S.; COPELLO, G. B.; LAURINO, D. P. Material concreto: uma estratégia pedagógica para trabalhar conceitos matemáticos. In: IX Congresso Nacional de Educação e III Encontro Sul Brasileiro de Psicopedagogia. PUC/PR, 2009. Disponível em: http://repositorio.furg.br/bitstream/handle/1/1014/material%20concreto.pdf?sequence=1. Acesso em: 26 jan. 2021.

RAMOS, M. L. S.; MOHN, R. F. F.; CAMPOS, R. C. Vivendo e aprendendo a jogar: ensinando matemática por meio de jogos. Educação Matemática em Revista, Brasília, v. 24, n. 63, p. 91-107, jul./set. 2019.

RAUPP, A.D.; GRANDO, N. I. Educação Matemática: em foco o jogo no processo ensino-aprendizagem. In: BRANDT, C. F.; MORETTI, M. T. (Orgs) Ensinar e aprender matemática: possibilidades para a prática educativa. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2016, p. 63-83. Disponível em: http://books.scielo.org/id/dj9m9/pdf/brandt-9788577982158-04.pdf. Acesso em: 26 jan. 2021.

RODRIGUES, F. C; GAZIRE, E. S. Reflexões sobre uso de material didático manipulável no ensino de matemática: da ação experimental à reflexão. Revista Eletrônica de Educação Matemática, v. 7, n. 2, p. 187-196, 2012. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/revemat/article/view/1981-1322.2012v7n2p187/23460. Acesso em: 26 jan. 2021.

ROMANOWSKI, J. P.; ENS, R. T. As pesquisas denominadas do tipo " estado da arte" em educação. Revista diálogo educacional, v. 6, n. 19, p. 37-50, 2006. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/view/24176/22872. Acesso em: 26 jan. 2021.

SAVIANI, D. Formação de professores: aspectos históricos e teóricos do problema no contexto brasileiro. Revista Brasileira de Educação, v. 14 n. 40 jan./abr. 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbedu/v14n40/v14n40a12.pdf. Disponível em: 26 jan. 2021.

SILVA, G. C.; MUNIZ, C. A.; SOARES, M. F. Os jogos como espaços reveladores da subjetividade Na aprendizagem matemática. Educação Matemática em Revista, Brasília, v. 23, n. 58, p. 93-102, abr./jun. 2018. Disponível em: http://sbem.iuri0094.hospedagemdesites.ws/revista/index.php/emr/article/view/943/pdf. Acesso em: 26 jan. 2021.

SILVA, R. L. Jogos concretos no laboratório de ensino da matemática na formação de professores na educação à distância. 2016. 87p. Dissertação (Mestrado) - em Docência em Educação em Ciências e Matemáticas), Universidade Federal do Pará, Instituto de Educação Matemática e Científica, Programa de Pós-Graduação em Docência em Educação em Ciências e Matemáticas, Belém, 2016. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/bitstream/2011/8633/6/Dissertacao_JogosConcretosLaboratorio.pdf. Acesso em: 26 jan. 2021.

SILVA, M. F. M. Construção e avaliação de competências e habilidades relativas aos números reais: uma experiência no Ensino Médio e na formação inicial do professor de matemática. 2015. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Programa de Pós-Graduação em Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional, Instituto de Ciências Exatas, Seropédica, 2015. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2649283#. Acesso em: 26 jan. 2021.

SILVA, J. C. T. Jogo sobre análise combinatória e formação inicial de professores de matemática. 2014. 143f. Dissertação (Mestrado) - Instituto Federal do Espírito Santo,
Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e Matemática, Vitória, 2014. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1299785#. Acesso em: 26 jan. 2021

SILVA, I. K. O.; MORAIS, M. J. O. Desenvolvimento de jogos educacionais no apoio do processo de ensino-aprendizagem no ensino fundamental. Holos, v. 5, p. 153-164, 2011.