A criação do ensino superior de matemática na cidade do Porto (Portugal), uma história ligada ao vinho, ao comércio e à marinha

Palavras-chave: Academia Real de Marinha e Comércio da Cidade do Porto, Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto-Douro, Matemática, Porto, Portugal

Resumo

A Academia Real de Marinha e Comércio da Cidade do Porto foi criada em 1803 pelo príncipe regente D. João VI, substituindo a Aula de Náutica (1762) e a Aula de Debuxo e Desenho (1779) que existiam previamente na cidade. A Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto-Douro ficou encarregue de gerir esta academia que se destinava a suprir a falta de profissionais em duas áreas muito importantes para a economia da cidade: o comércio (principalmente de vinhos) e a navegação marítima (via priviligiada para a exportação desses mesmos vinhos para o norte da Europa e para o Brasil). A Academia portuense seguiu, quase integralmente, os estatutos da sua congénere lisboeta, a Academia Real de Marinha, o que implicou a criação de três anos matemáticos, iniciando-se assim, o ensino de Matemática de nível superior na cidade do Porto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hélder Pinto, Instituto Piaget e CIDMA-UA
Doutor em História e Filosofia das Ciências pela Universidade de Lisboa (UL). Professor Assistente no Instituto Piaget (IP), V. N. Gaia e Almada, Portugal

Referências

2º Centenário da Academia Real da Marinha e Comércio da Cidade do Porto. Reitoria da Universidade do Porto, Porto, 2003.

ALBUQUERQUE, Luís de. As Ciências Positivas na Reforma Pombalina, in Em Homenagem a José Anastácio da Cunha. Departamento de Matemática - FCTUC, Coimbra, 1987.

Alvarás e Estatutos da Academia Real da Marinha e Comércio da Cidade do Porto [fac-símile]; Universidade do Porto, Porto, 1998.

ANACLETO, Regina. O edifício da Academia Real da Marinha e Comércio do Porto. Nótulas de Investigação. In Barroca, Mário Jorge (coord.); Carlos Alberto Ferreira de Almeida in memoriam. Edição da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Porto, 1999.

Annuario da Academia Polytechnica do Porto, Ano lectivo 1878-1879; Porto, 1879.

AZEVEDO, Rafael Ávila. «O Porto na época moderna» Da Academia Real da Marinha e Comércio do Porto à Academia Politécnica do Porto. Revista de História, v. IV. Centro de História da Universidade do Porto, Porto, 1982.

BALBI, Adrien; Essai Statistique sur Le Royaume de Portugal e d’Algarve, comparé aux autres états de l’Europe, et suivi d’un coup d’oeill sur l’état actuel des sciences, des lettres et des beaux-Arts parmi les portugais des deux hémisphères [fac-símile]; Imprensa Nacional – Casa da Moeda, Lisboa [Paris], 2004 [1822].

BASTO, Artur de Magalhães. Memória Histórica da Academia Politécnica do Porto. Universidade do Porto, Porto, 1937.

Catálogo da Bibliotheca da Academia Polytechnica do Porto; Academia Polytechnica do Porto, Porto, 1883.

Estatutos da Faculdade de Matemática, Coimbra, 1772. disponível em: http://scientia.artenumerica.org/estatutos/26.html (consultado em 15 de Julho de 2008).

FERNANDES, Maria Eugénia Matos (coord.); A Universidade do Porto e a Cidade, Edifícios ao Longo da História. Universidade do Porto – Arquivo Central da Reitoria, Porto, 2007.

FIGUEIREDO, Fernando B. A Faculdade de Mathematica da Universidade de Coimbra (1772-1820): um ensaio estatístico. Boletim da SPM, n.º 65 (Suplemento); 2011.

FREIRE, Conselheiro Francisco de Castro. Memoria Histórica da Faculdade de Matemática nos cem annos decorridos desde a reforma da Universidade em 1772 até o presente; Imprensa da Universidade, Coimbra, 1872.

GOULÃO, Maria José. O Ensino Artístico em Portugal: subsídios para a história da Escola Superior de Belas Artes do Porto. Mundo da Arte, n.º 3; 1989.

GUIMARÃES, Rodolfo. Les Mathématiques en Portugal. 2ª ed. Imprimerie de l’Université, Coimbre, 1909.

LEITÃO, Henrique. Sphæra Mundi, in Leitão, Henrique (comis. cient.) e Martins, Lígia (coord.); Sphæra Mundi: A Ciência na Aula da Esfera: Manuscritos Científicos do Colégio de Santo Antão nas Colecções da BNP; Biblioteca Nacional de Portugal, Lisboa, 2008.

MACHADO, Conselheiro Adriano de Abreu Cardoso. Memória Histórica da Academia Polytechnica do Porto, in Annuario da Academia Polytechnica do Porto, Ano lectivo 1877-1878; Porto, 1878.

MARQUES, A. H. de Oliveira. História de Portugal (vol. III). Editorial Presença, Lisboa, 1998.

MARQUES, A. H. de Oliveira (coord.). Portugal e a Instauração do Liberalismo (Nova História de Portugal, vol. IX). Editorial Presença, Lisboa, 2002.

PINTO, Hélder. A Matemática na Academia Politécnica do Porto (Tese de Doutoramento). Universidade de Lisboa, Lisboa, 2012.

RAMOS, Luís A. de Oliveira (dir.). História do Porto. 3ª ed. Porto Editora, Porto, 2000.

RIBEIRO, José Silvestre. História dos Estabelecimentos Scientificos Litterarios e Artísticos de Portugal nos successivos reinados da monarquia (tomos I, II, V e VI). Academia Real das Ciências, Lisboa, 1871, 1872, 1876a e 1876b.

SANTOS, Cândido dos. Universidade do Porto, Raízes e Memória da Instituição. Editora da Universidade do Porto, Porto, 1996.

SARAIVA, Luís Manuel Ribeiro; O início da Actividade Científica de Francisco Gomes Teixeira (1851-1933), In Fossa, John A. (org.). Anais I Colóquio Brasileiro de História da Matemática / IV Encontro Luso-Brasileiro de História da Matemática. Editora da UFRN, Natal, 2005.

SOUSA, Fernando de. O Património Cultural da Real Companhia Velha. Edição da Câmara Municipal de V. N. Gaia, Porto, 2005.

SOUSA, Fernando de; VIEIRA, Francisco; DIAS, Joana. A Administração da Companhia Geral de Agricultura das Vinhas do Alto Douro (1756-1852). Revista População e Sociedade, n.º 10, CEPESE, Porto, 2003.

TORGAL, Luís Reis; VARGUES, Isabel Nobre. A revolução de 1820 e a instrução pública. Paisagem Editora, Porto, 1984.
Publicado
2021-02-02
Métricas
  • Visualizações do Artigo 41
  • PDF Downloads 41
Como Citar
PINTO, H. A criação do ensino superior de matemática na cidade do Porto (Portugal), uma história ligada ao vinho, ao comércio e à marinha. REMATEC, [S. l.], v. 16, p. 16-42, 2021. DOI: 10.37084/REMATEC.1980-3141.2021.n.p16-42.id320. Disponível em: http://www.rematec.net.br/index.php/rematec/article/view/320. Acesso em: 8 mar. 2021.
Seção
Artigos Científicos